Alguns clichês do futebol

Que o futebol é recheado de clichês, é um clichê afirmar.
Mas alguns soam mais irritantes, porque escondem a realidade e fica como verdade.
No jornal Zero Hora de ontem, o jogador Nilmar ao comentar sobre a derrota do Inter contra o Paraná pela Copa do Brasil, declarou:
- No futebol brasileiro não dá tempo de ficar triste, é um jogo em cima do outro.


Ora, na Europa os jogos se dividem entre quarta e domingo também. Nos finais de semana os campeonatos nacionais e nas quartas, as copas de cada país e as competições continentais. Não que o calendário no Brasil seja melhor que o da Europa ou perfeito, longe disto, mas o intervalo de dias do jogo do Paraná e do Gauchão é perfeitamente normal, considerando-se qualquer calendário. E não é só jogador que repete isto, na imprensa também, e dando a nítida impressão que não há jogos nas quartas na Europa.

Outro destes clichês europeus é sobre a adaptação ao frio. Ok, jogadores de São Paulo para cima no mapa brasileiro podem estranhar. Mas um jogador do Sul, que chega lá na primavera (por exemplo) dizendo que a dificuldade era o frio, parece que estava sob 40º graus aqui. E eu vi uma entrevista neste sentido, há alguns anos atrás. Mais uma vez cabe esclarecer: todos sabem que na Europa, no inverno, o frio é muito mais intenso que no Sul (se bem que depois de 0º grau, é tudo “frio”, tirando a dificuldade nos países que jogam com campos cobertos de neve). Mas nas entrevistas, passam a impressão que saíram de uma vida inteira jogando com 45º de temperatura, e foram jogar diretamente no pólo norte. Qualquer dia algum jogador brasileiro reclama da dificuldade de adaptação ao idioma em Portugal.

Terceiro clichê e deliberadamente repetido por imprensa e jogadores: o tal do “campo pequeno”. Em qualquer empate ou jogo difícil no interior, sempre aparece um comentário de jogador e da imprensa: “neste campo pequeno é complicado”.
Sim, existem campos pequenos no interior. Mas existem campos de todos tamanhos e por maior que sejam as medidas do gramado, as declarações serão as mesmas. Isto porque a arquibancada sendo acanhada e perto do gramado, o campo “é pequeno”.
Sobre este ponto, vou fazer outro tópico, com ajuda do Google Earth, comprovando que muitos clubes do interior, têm estádios pequenos mas campos da mesma dimensão ou maiores do que os da dupla Gre-Nal. Já fiz a verificação, mas de maneira desorganizada, quanto fizer a relação completa irei postar aqui, vale um tópico.

Quarto clichê, mas não menos importante: um time “menor” que o adversário, após a vitória, sai aos microfones: “isto é para provar para aqueles que nos menosprezaram que...blá blá blá”. Na realidade atual, ninguém dá declaração menosprezando adversários (apesar de eu querer ver mais declarações deste tipo, sinceras) , mesmo que menores historicamente.
Mas atualmente, ainda que respeitem o tal adversário menor, em caso de vitória deste, invariavelmente ele virá ao microfone de alguma rádio ou TV: “esta é a nossa resposta ao..blá blá blá”.
E mesmo que não haja uma linha escrita ou uma declaração que desmerecesse a porcaria do time, os jogadores do time “menor” saem falando isto.
Acho que eles deveriam dizer: “esta é a nossa resposta ao nosso próprio treinador, que no vestiário disse que se não jogássemos a nossa vida hoje, perderíamos de 8 x 0 “. Seria mais honesto e engraçado.

Existem dezenas, talvez centenas, de outros clichês no futebol, mas estes são alguns dos que mais irritam, porque não são simples chavões ou frases feitas, mas escondem a realidade. Por isto, coloco-os como os mais irritantes.

4 comentários:

Maurício Kehrwald disse...

Bah!
Exatamente! Concordo com tudo. Como eu queria ver um cara dizer:

- Olha, nós respeitamos os caras porque são homens como nós, no entanto, como o meu salário do mês paga o do plantel deles por 2, nós temos obrigação de ganhar de 5, pelo menos, se tivermos vergonha na cara.

Eu ficaria feliz... juro que ficaria...

disse...

- O que acontece a um jogador depois de marcar um golo, se despir a camisola e arrancar a bandeirola de canto?

Toda a actualidade sobre futebol, comentada por 2 benfiquistas, 2 sportinguistas e 2 portistas num blog só:

http://amesaredonda.blogspot.com/

Também a actualidade futebolística é discutida no Águia de Ouro:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Visitem...

Ricardo Serpa disse...

Oi! Muito bacana teu blog! Parabéns! Tenho um blog do Grêmio...

Vamos ser parceiros?

http://gremiorock.blogspot.com

Reiff disse...

Olá, gostaria de trocar links com seu blog. Contato: vsreiff@ig.com.br ou visite: www.futebolemcronicas.blogspot.com

Postar um comentário

top