Súmulas

O torcedor Luis F. Bavaresco fez um interessante levantamento de algumas súmulas do começo da segunda fase da Série B do Gauchão, na comunidade da competição no Orkut. Abaixo as súmulas por ele selecionadas (os grifos abaixo são meus).

Brasil 3 x 1 Rio Grande
''RELATO QUE APÓS O TÉRMINO DO 1º TEMPO DE JOGO, QUANDO EU E MEUS ASSISTENTES ESTÁVAMOS NOS DIRIGINDO AO VESTIÁRIO DA ARBITRAGEM, O DIRETOR DA EQUIPE SERC. BRASIL, O SR. LUCIANO DE OLIVEIRA ELIAS, SAIU DE UMA PORTA DAS IMEDIAÇÕES DO ESTÁDIO, VEIO EM NOSSA DIREÇÃO, GESTICULANDO GRITOU VÁRIAS VEZES AS SEGUINTES PALAVRAS "O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO SEUS CAGALHÕES, AQUI NO BRASIL PODEM TER CERTEZA QUE VOCÊS NÃO APITAM MAIS", O REFERIDO DIRETOR NOS ACOMPANHOU ATÉ A PORTA DE NOSSO VESTIARIO, REPETINDO VARIAS VEZES ESSA MESMA FRASE."

PANAMBI X AIMORÉ
"Não poderia deixar de ser informado que após o término da partida, adentrou ao campo de jogo um Senhor que não tinha ligação com os membros da Comissão Técnica que se encontravam relacionados para a partida e aos gritos assim se dirigiu a arbitragem: "VOCÊS VEM LÁ DE PORTO ALEGRE PARA ROUBAR DE NÓS AQUI.... TU SÓ DESTE 04 (QUATRO) MINUTOS DE ACRÉSCIMO, SEU LADRÃO E INCOMPETENTE!!!! AMANHÃ MESMO VOU LIGAR PARA A FGF E VOU ACABAR COM A TUA CARREIRA, SAFADO!!!!
Após consultar o Delegado da partida, fui informado que se tratava do Sr. DARCY DECKERT, Presidente do Clube PANAMBI, o qual pedi a BM que o acompanhasse para área externa e longe da porta de acesso ao vestiário. Não poderia deixar de salientar, que esta conduta foi isolada, bem como, não foi compatilhada por quaisquer membros da Comissão Técnica e demais jogadores."

Flamengo de Alegrete x Glória
''EXPULSEI NO FINAL DE PARTIDA, AINDA EM CAMPO , O JOGADOR DO BANCO N.16 LUIZ FERNANDO BORGES FREITAS DO FLAMENGO POR TER ELE INVADIDO O CAMPO DE JOGO E OFENDIDO O TRIO DE ARBITROS, "SEUS LADRÕES , FILHOS DA PUTA, VOCES TEM QUE APANHAREM ", O REFERIDO ATLETA AINDA CUSPIU NO ROSTO DO ASSISTENTE LUIS EUCLIDES CASTIGLIONE.EXPULSEI AOS 80" MINUTOS O TREINADOR DO FLAMENGO SR. CYRO GARCIA SOARES LEÃES POR TER ELE , DURANTE UM ARREMESSO LATERAL CORRIDO EM DIREÇÃO AO ASSISTENTE LUIS EUCLIDES CASTICLIONE E AOS GRITOS E GESTICULANDO FALOU : " FILHO DA PUTA , O QUE QUE TU DEU, SEU SAFADO, TU TEM QUE APANHAR." O REFERIDO TREINADOR AO FINAL DE PARTIDA INVADIU O CAMPO DE JOGO COM A NITIDA INTENÇÃO DE AGREDIR O TRIO DE ÁRBITROS, NÃO O FEZ POR QUE FOI CONTIDO PELA BRIGADA MILITAR, ANTES DE SAIR AINDA FALOU :" VOCES NÃO VAO SAIR DAQUI VIVOS HOJE, VOCES VÃO APANHAR AQUI NO ALEGRETE".

Porto Alegre x Cerâmica
''Aos 79 minutos exclui do reservado do Porto Alegre seu treinador, Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi, que em altos brados exclamou:"_Quero falar contigo lá fora, depois do jogo, safado!" O mesmo já havia sido advertido por mim de forma verbal para que parasse com gesticulações exacerbadas e reclamações contra decisões da arbitragem.Após o término da partida, quando eu ainda estava no centro do gramado, esta pessoa saiu do seu vestiário e correu em alta velocidade em minha direção, e aos gritos, exclamou:"_Quero olhar bem pra tua cara e ver o que tu vai me dizer, seu filho da puta!Nós ainda vamos nos encontrar no estacionamento do supermercado e aí vai ser diferente!"
Devo dizer que os dois policiais militares que davam segurança para arbitragem, apesar de serem solicitados previa-mente que entrassem no centro do campo ao final dos dois tempos do jogo, se limitaram a observar o incidente da li-nha lateral do campo.O treinador do Porto Alegre teve que ser contido por seus próprios jogadores e funcionários.''

Santo Angelo x Lajeadense
''Expulsei de campo aos 56 minutos de jogo o sr. Rafael Castro camisa numero 9 , jogador da equipe do Santo Angelo e o sr Cristiano Pereira Beato camisa numero 5 , jogador da equipe do Lajeadense , por o senhor Rafael dizer as seguintes palavras: filha da puta , seu merda e empurrar o seu adversario senhor Cristiano que em ato continuo disse as seguintes palavras ao senhor Rafael: merda é tu , safado , louco e por empurrar o senhor Rafael , após as suas expulsões os dois jogadores retiraram-se do campo de jogo.''

Três Passos x Cruzeiro
''Aos 32 minutos de jogo, expulsei o atleta suplente do banco de reservas, sr. Tiago Fontoura Fernandes, N°17, do CRUZEIRO, por ofensa verbal, que no momento em que me aproximei do reservado de sua equipe, para pedir que todos ali tivessem um comportamento mais adequado para com o trio de arbitragem, fui surpeendido com a seguinte frase do referido jogador: "É só parar de roubar que a gente se comporta".
Após fim do primeiro tempo, adentrou ao gramado, por onde não sei, o presidente do TRÊS PASSOS, identificado como sendo o sr. VANDERLEI ALVES, que mesmo com a presença marcante da Brigada Militar, não se intimidou em chegar próximo ao trio de arbitragem e fazer inumeras ofensas verbais, do tipo: "_Tu não vai sair daqui vivo, seu sem vergonha, filho da puta"; "_Tu já me roubou uma vez, mas hoje não vai ser a segunda";
Com o auxilio da Brigada chegamos até nosso vestiário, e quando nos preparavamos para fechar a porta, o mesmo furou o bloqueio da Brigada, e disparou um ponta pé na porta do vestiário. Foi contido pelos policiais, e conseguimos fechar a porta. No nosso retorno para a segunda etapa, o sr Vanderlei Alves continuava dentro de campo, e no mesmo instante avisei o Comandante da Brigada pra que o mesmo fosse retirado de campo, caso contrario o jogo não reiniciaria. O referido presidente resolveu deixar o campo tendo o acompanhamento da Brigada, mas sem maiores problemas.''

Rio Pardo x Riograndense
''- Informo por pertinente, que após o término do jogo - 1º T., três pessoas sairam de dentro da porta que dá acesso ao vestiário da equipe local, e segundo informações da segurança (BM) um deles era o Presidente do Clube, Sr. TABAJARA RAMALHO, o qual aos gritos dizia: "OLHA PARA ESTA TORCIDA SEU LADRÃO... TU NÃO VAIS SAIR AQUI HOJE, POIS VAIS APANHAR MUITO". Nesta ocasião, a BM os escoltou para fora do campo de jogo;- Não poderia deixar de citar que após a expulsão do atleta da equipe local mencionada no campo "EXPULSÕES", o mesmo dirigente invadiu o campo de jogo, com mais duas ou três pessoas as quais não pude identificar, ficando o jogo parado por aproximadamente 03 (três) minutos, e, na sequência, solicitei a BM que deixasse 02 (dois) homens na porta do vestiário que dava acesso ao gramado, para evitar nova invasão.- Cabe ressaltar, que logo após a retirada do jogador agredido do campo de jogo para atendimento e a saída do jogador expulso, foram arremessadas 02 (duas) pedras ao campo de jogo, sendo que uma delas atingiu o joelho do atleta nº 04, Sr. DIEGO, do RIOGRANDENSE. As pedras arremessadas vieram do local onde estavam concentradas um número significativo de pessoas identificadas como torcedores da equipe do RIO PARDO, inclusive com instrumentos de percussão. As pedras citadas foram juntadas por mim, árbitro do jogo, e acostada a Súmula da partida.''

Panambi x Brasil
''Informo que aos 30 minutos de jogo foi EXCLUÍDO da partida o Médico da SER PANAMBI, Sr AIRES CARLOS M BERGER, pois foi solicitado sua presença no campo de jogo, para atendimento ao atleta de nº 3, da equipe SERC BRASIL, Sr THIAGO JOSÉ JAIR MARTINS, pois equipe SERC BRASIL, não possuía médico, e após ter atendido ao atleta discutiu com o goleiro da equipe da SERC BRASIL, com palavras, onde chamou o goleiro de Bobalhão, sendo excluído da partida.''

As súmulas das partidas podem ser encontradas no
site da FGF.
Foto: arquivo ClicRBS (jogo entre Inter-SM e Veranópolis, pela Série A, 2009)

6 comentários:

_Fernando_ disse...

Sensacional. Futebol gaúcho é isso aí.

Maurício Kehrwald disse...

Pra se tirar uma temperatura do que é a SEGUNDA DIVISÃO do Gaúcho, basta salientar o que é a PRIMEIRA DIVISÃO e calcular o nível.

Maurício Brum disse...

São fantásticas essas observações das súmulas da Segundona. Brabo é dar uma olhada nelas e constatar que o "documento oficial" do jogo muitas vezes vem com erros absurdos, de tempo e até dos atletas envolvidos no que é relatado.

Maurício Brum disse...

Ah, e a indignação em relação à arbitragem do Panambi vs. Aimoré é completamente justificável. O árbitro deveria estar DOPADO para dar só quatro minutos de acréscimo, conforme escrevi no meu texto sobre aquela partida, haha

George disse...

Concordo com vocês.
Imaginem que o (bom) nível de arbitragem do Campeonato Brasileiro está sendo colocado em dúvida, imaginem a Segundona Gaúcha.

Este final de semana o Bagé foi operado em Santa Maria. O brabo é que entre tantos erros fica difícil reclamar, ainda mais em derrotas.

Como disse o jogador do Cruzeiro:
"É só parar de roubar que a gente se comporta".

Anônimo disse...

Olá, não entendo quanta reclamação com arbitagem da 2 divisão,todos sabemos que a qualidade não é tudo isso mas existem bons árbitros no interior.O que tem que se relatar é a falta de profissionalismo de alguns que se dizem dirigentes da equipes que não tem o minimo de carater para reclamar.por exemplo como pode um equipe que realiza um torneio tão imprtante como EFIPAN ter no seu clube um técnico que já foi expulso várias vezes,se arbitragem é fraca é só pagar as diárias que vai ter trio de Porto Alegre.Acho que ta faltando profissionalismo aos dirigentes,técnicos e jogadores.

Postar um comentário

top