A Grande Final

O ano futebolístico termina hoje. Em grande estilo. Milhares de especulações sobre o resultado de Internacional e Barcelona. A final, que normalmente atrai o mundo, hoje também balançou o Brasil.
Mas uma das grandes belezas do futebol é esta: só se decide no campo. Claro que prognósticos têm seu valor, subjetividades sobre análises técnicas, tudo. Isso também faz parte do nosso "menu".

Mas esta beleza do futebol, ninguém tira: é tudo em campo.

O colorado mais confiante e o "secador" mais contundente, nenhum deles irá dormir sabendo do resultado. É no campo. Esperaremos, todos, até o apito final do árbitro, não há o que mude isso.

Uma coisa engraçada que irá ocorrer, na decisão pelo 3º lugar, é a velha simplificação do confronto "sub-direto": se o América vencer aos egípcios, os colorados ficarão mais preocupados. Mas se o Al Ahli, por exemplo, golear o América, a confiança irá triplicar. Observemos.

Falando sobre a parte "técnica" da coisa, há que se resaltar que é um grande ano para o Internacional. Um bom campeonato brasileiro, Campeão da Libertadores, e disputando o direito de ser considerado o melhor time do mundo. Independente do resultado de amanhã, o Internacional avançará mais um passo, em termos de instituição. O Inter, positivamente, já não é mais o mesmo.

E mais uma vez reflito: esta gauchada é petulante mesmo, contra todos os fatores financeiros, tendo que ganhar a pré-Libertadores mais difícil da América do Sul, se mete na disputa do título Mundial. Um clube de uma cidade "provinciana", segundo os "detratores". Um clube que surgiu como grande a partir de um aterro (aqui é um mérito). Um clube gaúcho e de Porto Alegre, e do povo.

Parabéns ao Inter pelo que já foi conquistado, e uma ótima sorte hoje em terras nipônicas.
O Rio Grande do Sul, mais uma vez, já faz soar alto seu hino.

___________________________
Conversei com amigos colorados sobre o que fariam entre sábado de noite e até o horário do início do jogo. Obtive respostas diversas, mas a maioria teme a insônia pela ansiedade. E alguns já nem pensam e dormir, e a cervejada substituirá o café da manhã.

Foto: Site do Internacional

3 comentários:

Maurício Alejándro Kehrwald disse...

Não saí.
Não marquei nada pro Sábado à noite.
Estou sóbio e insone.
Não caiu a ficha ainda...

... e é daqui a 6 horas!!!!!!!

George disse...

Bom domingo, Maurício!

Faltam 20 minutos agora!

FERNANDO disse...

Valeu Colorado. Ronaldinho, Deco e mais meia dúzia ficaram boquiabertos com a garra do Inter.

Postar um comentário

top